Estrutura ritual genérica

1- Preparação

a) Todos os participantes terão de estar lavados e vestidos com roupas limpas anteriormente à entrada no nemeton. Os sacerdotes deverão vestir uma túnica branca.
b) Todos se encontrarão no exterior do recinto do santuário trazendo consigo todos os materiais necessários e oferendas.
c) Uma vez que todos estejam reunidos, os sacerdotes lideram uma procissão até ao interior do recinto.

2- Circumambulação

a) Os participantes, liderados pelos sacerdotes, darão três voltas – em sentido horário – ao interior do recinto, enquanto que instrumentos musicais são tocados (preferencialmente de sopro e tambores).
b) Após a terceira volta, todos se dirigem até à zona do templo.

3- Acender o fogo e consagrar a água

a) Uma vez que todos estejam na zona do templo, um uātis ou mais, acende o aidu enquanto entoa um hino à Deusa da Aurora e Lareira.
b) Após este se acender, deverão ser oferecidas três coisas: sal, leite e pão.
c) O sacerdote pega no recipiente com água e apresenta-o ao fogo, enquanto diz uma prece a pedir que as águas sejam abençoadas. Após a prece, o sacerdote pega num ramo (de carvalho, idealmente) e acende-o no fogo, mergulhando-o no recipiente.

4 – Pruficação dos participantes

a) Um a um, ou em pequenos grupos, todos os participantes se aproximam do fogo, estendendo as mãos a este, e pedem a sua própria purificação.
b) Algo semelhante será feito em relação ao recipiente de água; cada participante deverá lavar as mãos, face e testa.
c) O ramo deverá ser atirado para as chamas, enquanto que a água deverá se deixada fora do recinto e vertida no solo.

5- Hinos de hospitalidade

a) Os bardī e/ou gutuatres cantarão hinos de boas-vindas e louvor aos Deuses e outros “convidados” (como os ancestrais em Trīnoχtes Samoni) de modo a convidá-los a comparecerem aos ritos em sua honra.

6- Tradições do festival

a) Nesta fase, serão praticadas todas as tradições rituais associadas ao festival em questão.

7- Sacrifício

a) São deixados os sacrifícios principais.
b) Parte dos fluídos que resultarem dos sacrifícios deverão ser recolhidos num recipiente, que será usado – juntamente com outro ramo (novamente, idealmente de carvalho) – para aspergir os ídolos (deluās). Caso tal não seja possível, poderão deixar-se provas físicas do sacrifício, como exposição de restos mortais (literais ou não) no recinto do santuário.
c) As oferendas comestíveis deverão ser repartidas com os Deuses, deixando-se-lhes as extremidades (na Antiguidade eram as cabeças e membros de animais).
d) É nesta altura que os participantes poderão deixar as suas próprias oferendas e preces, sob supervisão dos druuides e uātīs.

8- Presságios

a) Após sacrificar, o uātis deverá inquirir aos Deuses se a oferta foi aceite, da forma mais apropriada ao rito e altura do dia em questão.
b) Os resultados da consulta serão declarados a todos, preferencialmente sob a forma de poema profético (uātus).
c) Caso uma ou mais oferendas não tiverem sido aceites, há que repetir o processo.

9- Banquete

a) Nesta fase, o rito em si terminou, restando apenas cozinhar – no aidu ou não – as oferendas comestíveis, se necessário; caso seja preciso cozinhar, uma parte será ofertada à Deusa da Aurora e Lareira.
b) A comida é repartida por todos os participantes (cumprindo, se aplicável, a tradição da Porção do Campeão: ‘curadmír‘ (Irlandês Antigo), que pode ser traduzido para o Gaulês cauaropettis < *kawaro-kwezdi-).
c) Durante o decorrer do banquete, deverá haver, se possível, qualquer forma de entretenimento (música, anedotas, sátiras) e a socialização entre participantes deverá ser encorajada.
d) Os restos resultantes devem ser deixados no local apropriado; caso sejam biodegradáveis, devem ser deixados numa cova menor e não na principal usada para oferendas.
e) Sob orientação dos sacerdotes, os participantes despedem-se dos Deuses e demais “convidados” e abandonam o recinto, que deverá ser fechado ao público.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s